O Túnel do Tempo
Olá visitante!

Não há atividade neste fórum atualmente. Queira dirigir-se à seção de História do Fórum PiR2

http://pir2.forumeiros.com/

Muito obrigado.

Companhia Ocidental e Oriental das Índias

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Companhia Ocidental e Oriental das Índias

Mensagem por Kelvin Brayan em 26th Julho 2011, 22:51

Resumidamente, o que era a Companhia Ocidental das Índias e a Companhia Oriental de Índias?

_________________
"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."
Rui Barbosa

Kelvin Brayan
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 106
Data de inscrição : 28/06/2011
Idade : 24
Localização : Varginha - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Companhia Ocidental e Oriental das Índias

Mensagem por EuclidesPiR2 em 27th Julho 2011, 00:02

Houve várias companhias concorrendo:

a) Índias Ocidentais (América)

A Companhia Holandesa das Índias Ocidentais ou Companhia Neerlandesa das Índias Ocidentais (em neerlandês: West-Indische Compagnie ou WIC) foi uma companhia majestática de mercadores holandeses. Representa um exemplo de organização privada do comércio externo, de pendor capitalista, que contrasta com o modelo de comércio português, que permaneceu fortemente dependente do Estado até bem mais tarde.
A companhia tornou-se instrumento da colonização holandesa nas Américas e foi responsável pela ocupação de áreas no nordeste brasileiro no século XVII.


Em 1600, os Ingleses fundam a primeira campanha para a colonização das Índias Ocidentais e Orientais. Teve várias colónias na África, que se estende desde a África do Sul até ao Egito. As ilhas Virgens nas Caraíbas e na América do Sul tomou a Guiana Holandesa e transformou em Guiana Inglesa os atuais territórios da Guiana e Suriname. E na América do Norte, os Estados Unidos sem os estados do Texas, Novo México, Porto Rico, Califórnia e toda a costa do pacífico e também o meio dos Estados Unidos , e controlava as colônias do Sul do Canadá, que era a única porta de saída da América Britânica para o Oceano Pacífico.

b) Índias Orientais (lado de lá da África, oriente médio e oriente)

A companhia britânica era uma organização formada por mercadores londrinos e durante dois séculos e meio transformou os privilégios comerciais na Ásia em um império centrado na Índia. Licenciada em 1600, a companhia logo perdeu as ilhas Molucas para os holandeses, mas em 1700 já havia assegurado importantes portos comerciais na Índia, principalmente Madras, Bombaim e Calcutá. Em meados do século XVIII, as hostilidades anglo-francesas na Europa refletiram-se em uma luta pela supremacia com a companhia francesa. O comandante inglês Clive foi mais hábil que o governador francês Dupleix no sul da Índia e interveio na rica província de Bengala, no nordeste. A vitória sobre o governador de Bengala em 1757 deu início a um século de expansão, e a Companhia Britânica das Índias Orientais emergiu como o grande órgão europeu na Índia, apesar da forte disputa com os franceses.


A companhia holandesa foi criada em 1602 sob a proteção do príncipe Maurício de Nassau para coordenar as atividades das companhias que concorriam no comércio nas Índias Orientais e para agir como um braço do Estado holandês em sua luta contra a Espanha. Em 1799, foi liquidada e seus débitos, posses e responsabilidades foram assumidos pelo governo holandês. Seu monopólio se estendia desde o cabo da Boa Esperança até ao estreito de Magalhães. A influência e a atividade holandesa se expandiram por todo o arquipélago malaio, China, Japão, Índia, Pérsia e pelo cabo da Boa Esperança.


A organização francesa foi fundada para fazer concorrência às Companhias das Índias Orientais holandesa e inglesa. Até meados do século XVIII foi menos bem-sucedida que suas rivais mas, liderada pelo ambicioso governador Joseph François Dupleix, a companhia passou a ser uma grande ameaça à influência inglesa na Índia, principalmente pelas alianças que estabeleceu com governantes locais no sul daquele país, entre 1742 a 1754. Ostentou durante 50 anos o monopólio de navegação e comércio nos oceanos Pacífico e Índico, na área situada entre os cabos de Horn e da Boa Esperança. A companhia prosperou e estendeu suas operações à China e à Pérsia. Em 1719, foi reorganizada com as companhias coloniais francesas da América e África, sob o nome de Compagnie des Indes (Companhia das Índias). As operações da companhia foram suspensas definitivamente, por decreto real, em 1769.

_________________
O homem que se desinteressa da História não tem raízes e não se importa com o futuro.

EuclidesPiR2
Administrador

Mensagens : 169
Data de inscrição : 25/03/2010
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Companhia Ocidental e Oriental das Índias

Mensagem por Kelvin Brayan em 27th Julho 2011, 16:03

Obrigado!

_________________
"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."
Rui Barbosa

Kelvin Brayan
Membro Ativo
Membro Ativo

Mensagens : 106
Data de inscrição : 28/06/2011
Idade : 24
Localização : Varginha - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Companhia Ocidental e Oriental das Índias

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:13


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum