História

um fórum para se discutir as questões ligadas aos vários aspectos da História da Humanidade

Convidado - Bem vindo ao Túnel do Tempo

    Resumo sobre o Renascimento Cultural

    Compartilhe

    Bruno Barreto

    Mensagens: 16
    Data de inscrição: 29/03/2010
    Idade: 24
    Localização: Pernambuco

    Resumo sobre o Renascimento Cultural

    Mensagem por Bruno Barreto em Ter Jul 27, 2010 12:44 pm

    1. Conceito

    * Renascimento cultural foi um movimento artístico-intelectual que, a partir do séc. XV, recusou o pensamento religioso medieval, colocando o ser humano no centro de todos os interesses.

    2. Antecedentes

    * O Renascimento cultural, ou Renascença, foi marcado por um retorno aos valores e características da antiguidade clássica greco-romana. Os renascentistas faziam várias críticas ao período medieval, dominado pelos valores culturais e religiosos da Igreja.
    * Por este motivo, para eles, a Idade Média foi um período de pouco avanço cultural, que ficava entre a Antiguidade e a Modernidade. Modernidade era a forma como denominavam o período em que viviam.
    * Assim, a Modernidade foi caracterizada como uma época de progresso intelectual, na qual se fazia renascer a cultura clássica greco-romana. Daí a origem do termo Renascimento.
    * Para os homens da época, a cultura greco-romana era muito superior à cultura medieval. Assim, a Idade Média passou a ser denominada Idade das Trevas.
    * Vale ressaltar que, atualmente, o termo Idade das Trevas é questionado pelos historiadores.

    3. Características

    * O Renascimento Cultural foi um movimento com características próprias. Uma delas foi o retorno à cultura greco-romana, pois os renascentistas achavam que gregos e romanos tinham um conhecimento mais amplo da vida.
    * Outra característica foi o humanismo e o antropocentrismo , pois o homem passou a ser o centro de todas as atenções – até então situado nas coisas divinas.
    * Além disso, foi caracterizado pelo hedonismo e individualismo , considerando a intensa preocupação como o prazer e a liberdade do indivíduo.
    * Foi marcado também pelo racionalismo e valorização da natureza, uma vez que os renascentistas passaram a adotar métodos experimentais e de observação da natureza.
    * Vale ressaltar que estas características faziam um contraponto aos valores medievais, marcado, geralmente, pelo teocentrismo , pela negação dos desejos humanos e pelo conhecimento marcado pela fé.

    4. Onde e quando ocorreu

    * A Itália foi o berço do Renascimento cultural. Um dos motivos foi o fato da Itália ter sido herdeira direta do Império Romano. Assim, havia um contato constante com resquícios da cultura romana
    * Além disso, o forte desenvolvimento econômico das cidades italianas possibilitou que os comerciantes financiassem os artistas.
    * O período de maior produção renascentista, na Itália, foi de 1450 a 1550. No restante da Europa, ele ocorreu durante todo o século XVI.
    * Os pensadores, escritores do Renascimento eram conhecidos como humanistas, ou seja, grandes conhecedores da cultura clássica.
    * Boa parte destes representantes do Renascimento se destacou na Itália, especialmente na pintura e na escultura. Outros, tiveram destaque fora da Itália, principalmente na literatura e na filosofia.

    5. Alguns representantes na Itália

    * Leonardo da Vinci (1452-1519): foi pintor, arquiteto, escultor, físico, engenheiro, entre outros. É autor, entre outras obras, da Mona Lisa e A Última Ceia.
    * Michelângelo Buonarroti (1475-1564): foi arquiteto, escultor e pintor. É autor de obras como, Pietá, Davi, Moisés e pinturas da Capela Sistina.
    * Nicolau Maquiavel (1469-1527): historiador e diplomata, é considerado o fundador do pensamento e da ciência política moderna.
    * Sandro Botticelli (1444-1510): também pintou um grande número de madonas, além de quadros de inspiração religiosa e pagã, como A Primavera e O Nascimento de Vênus.
    * Galileu Galilei (1564-1642): matemático, físico e astrônomo, foi um dos primeiros estudiosos a usar o método experimental para estudar a natureza e comprovar suas teorias. Construiu a primeira luneta astronômica, por meio da qual demonstrou que o centro do universo é o sol e não a terra.

    6. Os mecenas

    * O comércio intenso com o Oriente, fez algumas cidades italianas acumularem grandes fortunas.
    * Com isso, dispunham de condições materiais para financiar a produção artística de escultores, pintores, arquitetos, músicos, entre outros.
    * Os próprios governantes e papas passaram a dar proteção e ajuda financeira aos artistas e intelectuais. Era, em outras palavras, uma espécie de patrocínio.
    * Este patrocínio era denominado mecenato e, os patrocinadores, eram chamados de mecenas. Em linhas gerais, o mecenato visava tornar o poder central mais popular.
    * Assim, os donos do poder se valiam dos artistas para se tornarem conhecidos através de estátuas, pinturas, obras escritas e canções.

    7. Alguns representantes fora da Itália

    * Erasmo de Roterdã (1466-1536): nascido nos Países Baixos, destacou-se na literatura e na filosofia. Criticou a sociedade do seu tempo na obra Elogia da Loucura.
    * Michel de Montaigne (1533-1592): nascido na França, foi um célebre filósofo e moralista, autor de Ensaios.
    * Willian Shakespeare (1564-1616): nascido na Inglaterra, destacou-se na literatura e teatro, autor de Romeu e Julieta, Hamlet, entre outros.
    * Miguel de Cervantes (1547-1616): nascido na Espanha, destacou-se na literatura, autor de Dom Quixote de la Mancha.
    * André Vesálio (1514-1564): nascido na Bélgica, é considerado o pai da anatomia moderna, autor de De Humani Corporis Fabrica.


      Data/hora atual: Dom Out 26, 2014 2:06 am