O Túnel do Tempo
Olá visitante!

Não há atividade neste fórum atualmente. Queira dirigir-se à seção de História do Fórum PiR2

http://pir2.forumeiros.com/

Muito obrigado.

Economia Brasileira

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Economia Brasileira

Mensagem por Diegomedbh em 18th Março 2012, 14:55

“Até meados da década de 1860, o Nordeste detinha aproximadamente a metade da população escrava do Brasil. Em 1872 esta posição é abruptamente modificada e 50% do estoque de escravos do país passa a se concentrar no Sudeste. [...] A área que conheceu a
maior taxa de entrada de escravos [nos 15 anos seguintes], foi São Paulo.

”(FRAGOSO, João Luís. Economia brasileira no século XIX. In: LINHARES, Maria Yedda
(Org.). 4 ed. História geral do Brasil. Rio de Janeiro: Campus, 1990. p. 149)

A partir de seus conhecimentos e dos dados apresentados no trecho,é INCORRETO afirmar que a(o)

a) agricultura paulista tinha uma fronteira aberta para a ampliação do plantio extensivo.

b) comércio interprovincial de escravos tendia para as regiões em franca expansão econômica.

c) tráfico negreiro internacional sustentou o crescimento da população escrava na cafeicultura paulista.

d) expansão da cafeicultura para o Oeste Paulista reproduziria, parcialmente, as estruturas antigas da escravidão.

e) postura dos lavradores paulistas diante da escravidão minimiza seu caráter modernizador frente aos fazendeiros fluminenses.

Gabarito: C

a) Quais eram essas fronteiras abertas para a ampliação do plantio extensivo?

b) Tranquila!

c) O trafico negreiro internacional não sustentou a cafeicultura paulista com mão de obra escrava porque no ano de 1850, foi decretada a Lei Eusébio de Queirós, que extinguiu definitivamente o tráfico negreiro no país? Se não me engano essa lei não foi obedecida e o tráfico internacional ainda continuou existindo por um bom tempo. Certo ou errado?

d)Tranquila!

e) Não entendi bem essa alternativa "postura dos lavradores paulistas diante da escravidão minimiza seu caráter modernizador frente aos fazendeiros fluminenses".

Apesar da modernidade da época "para aquele contexto" os lavradores ao usarem o trabalho escravo minimizariam tal modernidade (retrocesso)?

Agora frente aos fazendeiros fluminenses, por quê? Esses fazendeiros fluminenses usaram mão de obra livre - trabalho imigrante? É isso?

Apesar de todos os questionamentos o que isso tem a ver com a abrupta modificação da população escrava que chegou a se concentrar no Sudeste (principalmente na região Paulista) 50% do estoque de escravos do país, a partir de 1872?





Diegomedbh
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 15
Data de inscrição : 18/03/2012
Idade : 26
Localização : Belo Horizonte, MG Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Economia Brasileira

Mensagem por [Planck]³ em 18th Março 2012, 16:47

a) Essas fronteiras abertas eram incetivos fiscais que D. pedro II e comerciantes estrangeiros injetavam no sudeste. Lembre-se que a um pouco mais de um século, em meados do século XVIII, o Marques de Pombal transfere a capital de Salvador para o Rio de Janeiro e todo o foco econômico e social estava voltado para esta região.

c) Certo !!! Porém, de certa forma, o tráfico negreiro legal foi abalado e NÃO sustentara o crescimento da população escrava na cafeicultura paulista. Quem sustentara o crescimento da população escrava na cafeicultura paulista fora o tráfico negreiro ilegal.

e) "Apesar da modernidade da época "para aquele contexto" os lavradores ao usarem o trabalho escravo minimizariam tal modernidade (retrocesso)?"

Minimizariam. Perceba que é o escravismo paulista (regiões de plantação de café no Oeste paulista e Vale do Paraíba) que é um retrocesso em relação à mão de obra dos imigrantes no Rio de Janeiro.

"Apesar de todos os questionamentos o que isso tem a ver com a abrupta modificação da população escrava que chegou a se concentrar no Sudeste (principalmente na região Paulista) 50% do estoque de escravos do país, a partir de 1872"

Mesma resposta da letra "A".

Abraços. Espero ter ajudado. Very Happy

_________________
"Um pessimista vê uma dificuldade em cada oportunidade; um otimista vê uma oportunidade em cada dificuldade."

Winston Churchill

[Planck]³
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 45
Data de inscrição : 13/03/2012
Idade : 23
Localização : Mossoró-RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Economia Brasileira

Mensagem por Diegomedbh em 18th Março 2012, 18:17

Obrigado! Ajudou bastante.

Diegomedbh
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 15
Data de inscrição : 18/03/2012
Idade : 26
Localização : Belo Horizonte, MG Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Economia Brasileira

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:14


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum